DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

O racismo estrutural é uma herança maldita do processo de colonização portuguesa. Em 2021, Bolsonaro contribui para esse cenário. O presidente mais incompetente da história reproduz, gera e romantiza preconceitos de raça.

Há séculos a população afro-brasileira vem sendo oprimida e agredida por um sistema voltado única e exclusivamente ao favorecimento daqueles que o criaram (elite branca).

Na luta por direitos humanos, negros e negras enfrentam corajosamente saraivadas de preconceito, muitas vezes manifestado em forma de violência física, mental ou verbal.

O Sind-UFLA é a favor da diversidade e do respeito, e combate todas as formas de discriminação.

Compreendemos que o dia 20 de Novembro, mais que uma data para se celebrar, é uma data para se lembrar: lembrar que nós, negros e negras, estamos aqui e aqui permaneceremos. Lembrar que somos parte dessa nação, que ajudamos a construir com sangue e suor. Lembrar que temos direitos, pelos quais lutamos para que sejam efetivados. Lembrar que merecemos respeito, reparação e, acima de tudo, representação.

Bolsonaro não nos representa! E, hoje, a melhor forma de se celebrar o Dia da Consciência Negra é essa: lutando, protestando e exigindo mudança.

Fora Bolsonaro!
Salve, Zumbi e Dandara!

#ForaBolsonaroRacista
#DiaDaConsciênciaNegra

 

 

Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Free Download WordPress Themes
free download udemy course

Disponível em <https://sindufla.org.br/2021/11/24/atos-contra-as-pecs-32-e-23-chegam-na-11a-semana-2/> Acesso: 30/11/2021 às 15:13