RETROSPECTIVA DA SEMANA

PÁTRIA AMADA NÃO PODE SER PÁTRIA ARMADA – Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes falou antes da chegada de Bolsonaro à basílica, fez uma crítica à política armamentista do governo, além de dizer que para ser pátria amada precisa ter uma República sem mentira e fake news.

 

ONG AUSTRÍACA DENUNCIA BOLSONARO EM HAIA – Os membros da ONG austríaca apontam a influência do brasileiro no agravamento da crise climática mundial, pois o desmatamento aumentou 88% desde que ele chegou ao poder e para isso, apresentam evidências realçadas pela contribuição de especialistas de Direito Internacional e climatologistas;

 

DISPARA REJEIÇÃO DE BOLSONARO –  A atual rejeição a Bolsonaro é, disparada, a maior medida pelo Datafolha na comparação com a dos presidentes que foram eleitos nas oito disputas anteriores, incluindo ele próprio em 2018;

 

JUSTIÇA AFASTOU SÉRGIO CAMARGO DE GESTÃO DE FUNCIONÁRIOS NA PALMARES – ​A decisão é do juiz do trabalho Gustavo Carvalho Chehab, da 21ª Vara do Trabalho de Brasília, em ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) que pede o afastamento de Camargo do cargo por denúncias de assédio moral, perseguição ideológica e discriminação contra funcionários da instituição;

 

DENÚNCIA SOBRE PROXALUTAMIDA É UMA DAS MAIS GRAVES DA HISTÓRIA DA AMÉRICA LATINA – A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) considera que a denúncia de 200 mortes de voluntários de pesquisa clínica com a proxalutamida feita no Amazonas (Brasil), se confirmada, representará uma violação aos direitos humanos e uma das infrações éticas mais graves e sérias da história da América Latina. Pede ainda investigação profunda sobre o caso;

 

DESIGUALDADE CRESCE MAIS NO BRASIL DO QUE EM OUTROS PAÍSES, APONTA FGV – Um estudo da Fundação Getúlio Vargas revelou que a percepção da população sobre em relação às políticas públicas de saúde, educação e meio ambiente é pior que em outros 40 países. A pesquisa mostra impacto mais forte na população mais pobre;

 

INFLAÇÃO ATINGE A MAIOR TAXA DESDE A CRIAÇÃO DO REAL – A inflação calculada dos últimos 12 meses acelerou de 0,87% em agosto para 1,16% em setembro, puxado principalmente pelo elevado preço da energia elétrica. Foi a maior taxa para meses de setembro desde o início do plano real, em 1994. Estamos falando de um retrocesso de quase 30 anos. Inflação alta, dinheiro desvalorizado, menos comida na mesa.

Download Best WordPress Themes Free Download
Download WordPress Themes Free
Download Best WordPress Themes Free Download
Download Premium WordPress Themes Free
udemy paid course free download

Disponível em <https://sindufla.org.br/2021/11/24/atos-contra-as-pecs-32-e-23-chegam-na-11a-semana-2/> Acesso: 30/11/2021 às 16:07