Convocação para as atividades de mobilização: 07 de junho de 2018.

Dia 07 de Junho

Dia Nacional de Paralisações e Lutas d@s Técnic@s Administrativ@s em Educação!!!

Nos últimos anos presenciamos grandes ataques à educação. Em nossas universidades convivemos com cortes de verbas cada vez maiores, com sucateamento e precarização de nossos trabalhos. Concomitantemente nossa carreira vem sofrendo profundos ataques, há anos estamos sem reajuste salarial e nossas negociações estão sempre abaixo da inflação. Neste período de crise econômica e política que o país atravessa, a retirada de direitos e ataques à classe trabalhadora tem ocorrido numa velocidade superior ao que vínhamos acompanhando nos governos anteriores.

Toda essa realidade exige que nossa categoria busque alternativas para ação. Para nós trabalhadoras e trabalhadores técnicos administrativos nossa tarefa é reorganizar nossas lutas junto à nossa federação.

Motivos é que não falta, mas em se tratando da pauta do funcionalismo público, ressaltamos que em fevereiro deste ano, o Fonasefe –  Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais – entregou ao governo a pauta de reivindicações do funcionalismo público. Entre os vários itens há a solicitação da recomposição salarial de 25,63%. Esta porcentagem representa 23,17% de reajuste necessário para repor perdas inflacionárias (desde ago/2010) e apenas 2% de ganho real, ou seja, em menos de 08 anos os Técnicos administrativos já amarguraram uma perda de mais de 23% de poder de compra.

Infelizmente, como era de se esperar, em reunião com o Fonasefe, em março deste ano, o governo informou que não irá atender nossas reivindicações. Sendo assim, não nos restava outra alternativa a não ser atender o chamado do Fonasefe e da Fasubra e parar nossas atividades no dia 07 de junho e participar da manifestação chamada pelo Fórum Municipal de Lavras, e foi assim que a assembleia do dia 04/06 deliberou.

Neste ano eleitoral é preciso e possível construir um novo movimento com todas as categorias do serviço público federal para derrotar todos os ataques e as reformas.

Precisamos ainda continuar avançando em nossa luta. Elencamos abaixo as pautas que consideramos primordiais para nossa categoria, pautas essas contidas no documento* reivindicatório entregue pelo Fonasefe ao governo.

  1. Correção salarial com aplicação do índice de 25,63% (DIEESE)
  2. Política salarial permanente com correção das distorções e reposição das perdas inflacionárias;
  3. Data-base em primeiro de maio;
  4. Paridade salarial entre ativos, aposentados e pensionistas
  5. Isonomia de todos os benefícios entre os poderes;
  6. Isonomia salarial entre os poderes;
  7.  Contar, no mínimo, em dobro, para redução de tempo de serviço, para efeito de aposentadoria, a periculosidade e insalubridade, sem necessidade de perícia técnica individual.
  8. Regulamentação da jornada de trabalho no serviço público, para o máximo de 30 horas semanais, sem redução de salário.

 

*Clique para acessar o documento enviado pelo Fonaseve ao governo.

 

Download Nulled WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes
Download Best WordPress Themes Free Download
udemy paid course free download

Disponível em <https://sindufla.org.br/2021/10/18/curso-treina-mulheres-a-ingressar-na-politica/> Acesso: 21/10/2021 às 16:07